27 de julho de 2010

Buddy system


Buddy system é um grupo de estudantes, no meu caso checos, que estão responsáveis por receber os estudantes Erasmus, ajudando-os com tudo e organizando actividades 
durante todo o semestre.
É suposto nós estudantes Erasmus ficarmos à espera que um buddy nos contacte via e-mail e tudo o mais, para organizarem certas coisas.
O da Xana já a contactou e já falaram de imensa coisa. Mas o meu ainda não deu sinais de vida!
Vou ficar aqui à espera e a desejar que seja alguém prestável com quem eu possa contar quando, na eventualidade de me perder naquele país.

Conservar o calor



Eu: Está tanto calor!

Ela: Olha podias era conservar o calor!

Eu: Hãn?

Ela: Sim e depois quando todos lá na República Checa tiverem a morrer de frio tu mandas-nos fotos de top!

25 de julho de 2010

Dilema


Dou comigo a pensar que às vezes quero ter o impossível. Quero ter tudo aquilo a que não tenho acesso, quero o que "a" "b" ou "c" têm. Sei que pode parecer um tanto ou quanto infantil, mas não é uma coisa que eu possa evitar.

Mas depois paro e penso que já tenho imensa coisa que muita gente gostaria de ter e não tem, que já é um luxo eu ter aquilo que tenho.

Mas depois uma questão me assombra: "mas e será errado querer ainda mais?". Bem, esta interrogação faz lembrar os vilões dos filmes que querem tudo e por isso mesmo acabam por ser os "maus da fita", mas eu não vejo a questão desse modo.

Só sonhando é que se vive, mas viver assim constantemente a querer aquilo que não tenho, não é vida para ninguém.

Preciso de me contentar, só que não sei como.

Miopia, round 2


Recentemente fui ao meu oftalmologista e recebi a boa notícia de que afinal posso usar lentes de contacto, com um uso moderado como é óbvio.
No entanto tenho obrigatoriamente que também usar óculos, uma vez que passo muito tempo fora de casa e não quero ficar como da última vez, em que por uso excessivo das lentes fiquei um fim de semana inteirinho sem conseguir abrir os olhos.

Surge portanto um problema: eu não gosto de usar óculos, mas tenho que os usar.

Já experimentei andar na rua sem eles, o que acontecia é que eu dizia "olá" a todas as pessoas que passavam com uma certa distância de mim. Não reconhecer as pessoas que passam na rua, não é lá muito agradável.
Uma outra coisa engraçada é que eu sem os óculos (e sem as lentes) fico um pouco mais surda, já dizia uma pessoa-que-eu-gostava-que-fosse-minha-amiga-mas-que-não-o-é *.

Há portanto que aceitar a realidade e escolher um bom par de óculos que eu não deteste tanto, o que vai acontecer é que eu vou demorar anos a tomar uma decisão. A variedade é imensa e o meu amor por eles é nulo.

Desejem-me sorte.

*post que pode,ou não, ser desenvolvido num outro dia.

19 de julho de 2010

Lá vão elas


Duas das minhas melhores amigas vão esta terça-feira para os Estados Unidos da América. O destino delas é este, mas nos entretantos vão passar por muitos outros sítios.

Uma viagem de uma vida que vai valer pela experiência. Escusado será dizer que neste momento andam em pânico porque ainda não arrumaram as malas. Uma aventura de 15 dias que vai passar a correr.

Só espero que me tragam uma(s) lembrança(s).

16 de julho de 2010

Portugueses em Erasmus



Esta ideia foi mesmo para a frente e neste momento o blog encontra-se no activo e a pedir colaboradores. Neste momento apenas temos um post sobre Paris, virão mais em breve, mas com a tua ajuda podem ser muitos mais. 

Existe também uma página no Facebook para todos aqueles que estiverem interessados em seguir todas as novidades.

Ansiedade



Comecei hoje a acordar a meio da noite a pensar em tudo aquilo que me falta fazer antes de chegar a Setembro. Ainda só vamos a meio do mês de Julho, isso significa que se isto continuar todas as noites vou chegar à República Checa com os olheiras do tamanho do mundo e isso não pode acontecer.

Mas a verdade é que ainda falta imensa coisa para tratar e tenho mesmo que começar a resolver as coisas agora, para não deixar tudo para a última da hora.